Dr. Luiz Gustavo - neurocirurgia funcional • dor • estereotaxia

Novidades

Alimentos que auxiliam no combate as dores

Publicado em : 20/11/2017

Fonte : Sociedade Brasileira para Estudo da Dor -

Alguns alimentos possuem propriedades que ajudam a evitar as dores. No entanto, esses alimentos, no entanto, devem ser consumidos em caráter preventivo, e não no tratamento da dor aguda. Veja abaixo quais são eles e como previnem as dores:

Castanha do pará

  • Protege o coração

Apesar de ser muito gordurosa, e apresentar uma parcela significativa de gorduras do tipo saturada (22% da composição de gorduras), a castanha do Pará possui ácidos graxos (oleico e palmitoleico) que ajudam a aumentar os níveis de colesterol HDL e a diminuir os de colesterol LDL. O colesterol do tipo HLD ajuda a evitar doenças cardíacas, já o excesso de LDL está muito associado à ocorrência de aterosclerose, processo inflamatório nas artérias que pode provocar infartos. Também possui um considerável teor do aminoácido arginina (100 g de sementes têm 2,148 g), que nosso corpo utiliza para a síntese do gás óxido nítrico, um potente vasodilatador, ajudando no tratamento da hipertensão.

  • Combater o câncer

Existe uma enzima do sistema de defesa antioxidante do nosso organismo chamada glutationa peroxidase, que precisa do selênio para desempenhar suas funções. Quando em excesso, os agentes oxidantes podem induzir mutações que promovem o surgimento de células cancerígenas. Além dessa ação preventiva, o selênio também parece ser eficaz no tratamento de alguns tumores. 

  • Ajuda a emagrecer

A incorporação de castanhas do Pará na dieta ajuda no processo de emagrecimento. Pode parecer contraditório, mas não é só o seu conteúdo de fibras e proteínas que promovem uma sensação de saciedade: as próprias gorduras insaturadas da semente também proporcionam este efeito, o que fará você consumir uma menor quantidade de alimentos.

  • Promove o crescimento muscular

Para o crescimento e reparação do tecido muscular é fundamental a ingestão de alimentos que sejam fontes de proteínas. Levando-se em conta a quantidade diária de proteínas recomendada para um homem adulto (56 g), as sementes já ajudam a cumprir uma boa parte dessa meta (um copo de castanhas do Pará fornece cerca de 19 g de proteínas). As gorduras e o selênio das castanhas também são importantes para a síntese da testosterona, hormônio que promove o aumento da massa muscular.

  • É boa para os ossos

Os benefícios da castanha do Pará também refletem na saúde dos ossos. Os minerais magnésio e fósforo, encontrados em quantidades significativas nessas sementes, são importantes para o processo de construção óssea. O magnésio, por exemplo, é imprescindível para a fixação de cálcio nos ossos, bem como nos dentes.

  • Preserva o cérebro

Existe uma relação entre a quantidade de selênio no organismo e o estresse oxidativo, para os casos de CCL, uma condição que antecipa, por exemplo, a ocorrência do mal de Alzheimer.Conforme envelhecemos, os neurônios passam a produzir mais radicais livres durante a síntese de energia e que nossas defesas antioxidantes também vão se tornando ineficientes.

  • Aliada do sistema digestório

Os benefícios da castanha do Pará para o sistema Digestório incluem um aperfeiçoamento da sua funcionalidade, facilita o peristaltismo que é a movimentação para empurrar os alimentos, e melhora de absorção de nutrientes, além de um efeito preventivo contra a constipação intestinal e até mesmo o câncer de cólon. As fibras da semente são as responsáveis por tais atividades.

Café

  • Ajuda a aliviar dores de cabeça leves e até enxaqueca

Se ingerido no inicio da crise. Isso ocorre porque a cafeína tem ação analgésica, ou seja, de alívio da dor, no sistema nervoso central. Além disso, ela potencializa a ação de um analgésico comum, como dipirona ou paracetamol, porque facilita a entrada e a ação dessas substâncias no sistema nervoso. Porém, esse conselho só vale para dores de cabeça pouco frequentes, até cerca de duas vezes por mês. Se uma pessoa que tem dores de cabeça frequentes (no mínimo uma vez por semana) ingerir muito café, ele pode transformar aquela dor em um problema crônico. O abuso do café também pode gerar dores de cabeça por abstinência da cafeína. Um dos sinais de abuso de uma substância é quando sua ausência causa um prejuízo funcional à pessoa, como uma menor produtividade no trabalho, por exemplo

 

Melão

  • Ajuda a evitar dores nos músculos

O melão é rico em potássio, que está relacionado com as contrações e o relaxamento muscular. A banana também apresenta essa substância, mas no melão o potássio pode ser encontrado em maior quantidade. Para quem pratica exercícios físicos, o consumo pode ser feito antes e após a atividade

 

Uva Passa

  • Excelente fonte de energia

Muitas pessoas estão sempre em movimento, vão para o trabalho, praticam exercícios, arrumam a casa, e isso tudo faz com que precisem de muita energia para manter suas tarefas do dia, por isso é importante ter uma fonte de energia natural e saudável. Uma excelente fonte de energia são as uvas passas, pois possuem uma boa quantidade de açúcares (frutose e glicose) naturais.

O consumo de uvas passas também ajuda na absorção eficaz de vitaminas e muitos outros nutrientes importantes para o nosso organismo, por isso, são muito recomendadas para manter o sistema imunológico saudável.

  • Excelente para a digestão

Depois que comemos as uvas passas, elas absorvem a água, isso promove um efeito laxante, o que ajuda a combater a constipação.

O consumo regular de uva passa ajuda fazer com que nosso intestino funcione corretamente. As fibras encontradas nesse alimento ajudam a limpar o nosso intestino, eliminando assim as toxinas e os resíduos do corpo.

  • Ajuda a melhorar a saúde dos ossos

Por serem uma ótima fonte de cálcio, as uvas passas são ótimas para fortalecer os ossos e os dentes. O boro é um micronutriente encontrado abundantemente nas uvas passas, esse micronutriente ajuda o organismo a absorver o cálcio.

Para os idosos, as uvas passas são extremamente recomendadas, pois o cálcio e o boro ajudam a prevenir a osteoporose.

  • Ajuda a combater infecções

A grande quantidade de fitonutrientes e polifenólicos encontrados na uva passas têm propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas, ajudando assim, a prevenir infecções que possam nos afetar.

  • Ajuda a prevenir o câncer

O antioxidante conhecido como catequina, contido na uva passa, ajuda a proteger o organismo dos radicais livres, que causam o desenvolvimento de tumores, principalmente o câncer de cólon.

  • Estimula a sexualidade

O consumo regular de uva passa é um excelente estimulante sexual. Um aminoácido chamado arginina encontrado nas uvas passas ajuda a melhorar a libido.

 

Notícias

Cuidados pós cirurgia de coluna

13/11/2017 Tua Saúde

Curiosidades sobre o cérebro

06/11/2017 R7

Parkinson e problema na pele

09/10/2017

Pacientes com parkinson podem viajar?

02/10/2017

Dúvidas mais frequentes sobre o parkinson

25/09/2017 Parkinson Hoje

Cuidados com a postura

18/09/2017

Exercícios feitos de mau jeito pode provocar dores na coluna

11/09/2017 Corpo a Corpo

Dores na coluna podem ser causadas pelo colchão

04/09/2017 Sono Quality

Espasticidade: o que é, causas e tratamento

21/08/2017 Tua Saúde

Relógio controla tremores de pessoas com parkinson

14/08/2017 G1
voltar
Dr. Luiz Gustavo - neurocirurgia funcional • dor • estereotaxia