Dr. Luiz Gustavo - neurocirurgia funcional • dor • estereotaxia

Novidades

Confundida com 'tique' distonia atinge cerca de 65 mil brasileiros

Fonte : Site Uai -

Contrações musculares involuntárias e que popularmente são confundidas com "tique" nervoso, podem mascarar os primeiros sinais de uma doença incapacitante. Trata-se da distonia, uma síndrome neurológica que afeta cerca 65 mil brasileiros, de acordo com o Ministério da Saúde. O problema é que ainda é frequente encontrar pacientes que pouco conhecem sobre o distúrbio ou o confundem com outras patologias.

A distonia se caracteriza por movimentos involuntários, que podem levar a ações de torção ou posturas anormais do indivíduo. De origem genética ou associada a outras enfermidades, como doença de Parkinson, infecções e traumas diversos. A síndrome que afeta o sistema neurológico acomete pessoas de qualquer faixa etária.

 

Saiba mais: Tratamentos para Distonia


Os espasmos provocados pela doença podem afetar uma única parte do corpo, como os olhos, o pescoço, os braços ou as pernas (distonias focais); duas partes, como o pescoço e tronco (distonias segmentares); um lado inteiro do corpo (hemidistonia); ou praticamente o corpo todo (distonia generalizada).
 

Segundo Péricles Tey Otani, médico fisiatra pela Universidade de São Paulo, a distonia ainda é alvo de preconceito por parte da sociedade. "Além de afetar a autoestima do paciente, ao impossibilitá-lo de realizar tarefas  do seu dia a dia, muitas pessoas quando presenciam os movimentos involuntários podem ter conclusões equivocadas sobre o paciente e tratá-lo de forma discriminatória.  Sem o tratamento correto, a doença pode evoluir para formas incapacitantes, levando a dificuldades para andar, escrever, comunicar-se e enxergar", explica o especialista.

No mundo, a incidência da doença  pode chegar a até 7 mil casos para cada milhão de habitantes. Um dos casos mais famosos é o do maestro João Carlos Martins, portador de distonia focal nas mãos – responsável por tirá-lo da função de pianista por alguns anos, passando a atuar como regente de um modo muito peculiar.
 

 

Notícias

Estimulação Cerebral Profunda recupera qualidade de vida de paciente com distonia

03/06/2020

DBS - Padrão ouro no tratamento de estágios avançados da Doença de Parkinson

02/06/2020

Síndrome do Insucesso da Cirurgia Espinhal

01/06/2020

Atrofia de Sudeck

Info Escola

Escoliose Idiopática do Adolescente

Scielo

Aplicativo Text Neck Indicator

Mal de Parkinson: tratamento pode melhorar qualidade de vida

Remédio de Parkinson gera dificuldade para controlar impulsos

Correio Braziliense

Aplicativo de suporte a portadores de fibromialgia

Jornal da USP

Pesquisadores criam dispositivo para eliminar tremores

Terra
voltar
Dr. Luiz Gustavo - neurocirurgia funcional • dor • estereotaxia