Dr. Luiz Gustavo - neurocirurgia funcional • dor • estereotaxia

Novidades

Estalar as costas, faz bem a coluna?

Publicado em : 18/12/2017

Esses ruídos atingem na verdade, os pontos de encontro entre dois ossos que conhecemos como articulação, que por sua vez são mantidos presos por tecidos como cápsulas, ligamentos, cartilagens e tendões.

Estalar os dedos, ombros, pé, tornozelos e o pescoço são hábitos comuns e promovem alívio para muitas pessoas. O ato de estalar não faz mal, quando ocorre ocasionalmente ou espontaneamente, mas quando repetido com freqüência e com força na articulação estressam consideravelmente os tendões, cápsulas, cartilagens e ligamentos.

Estalar com freqüência a articulação aumenta a produção de líquidos internos, que pode levar ao engrossamento, lesão, dor e diminuição do movimento articular.

O estresse contínuo nos músculos e articulações pode acelerar as manifestações degenerativas normais e naturais que ocorrem nessa região. Se você sente a necessidade de estalar verifique se ela é motivada pelo desconforto ou dor, manifestação característica de uma disfunção que ocorre nas articulações.

Notícias

Reconheça os sinais iniciais do Parkinson

26/03/2018 Parkinson Hoje

Parkinson no ambiente de trabalho

21/03/2018 FoxFeed Blog

Consequências do baixo nível de vitamina b12 em pacientes com Parkinson

19/03/2018 Parkinson Hoje

Luva promete ajuda a controlar sintomas do Parkinson

12/03/2018 Parkinson Hoje

Mantenha sua vida intima estável apesar do Parkinson

21/02/2018 Parkinsoneeu

Cifoplastia

21/02/2018 Minha Vida

ViLim Ball – Tecnologia em auxilio ao tremor essencial

20/02/2018 Parkinson Hoje

Neuroestimulação pode ser usada para estimular a memoria

19/02/2018 Super Interessante

Parkinson e sono

16/02/2018 Saúde IG

Estimulação magnética transcraniana no tratamento de pacientes bipolar em fase depressiva

14/02/2018 Veja
voltar
Dr. Luiz Gustavo - neurocirurgia funcional • dor • estereotaxia